Como Orar: Um Guia de 6 Etapas para a Oração

Pessoa orando

“Oração”. Quando você vê essa palavra, quais pensamentos ou imagens vêm à sua mente? Você tem facilidade de falar com Deus? Ou tem dificuldades para orar?

Nem sempre é fácil saber o que dizer a Deus e, às vezes, a oração fica sobrecarregada pelas nossas concepções erradas sobre como uma conversa com Deus deve ser.

“Portanto, orem assim…”

2.000 anos atrás, Jesus ensinou Seus discípulos a orarem assim:

Pai nosso, que estás nos céus,
santificado seja o teu nome;
venha o teu reino;
faça-se a tua vontade, assim na terra
como no céu;
o pão nosso de cada dia dá-nos hoje;
e perdoa-nos as nossas dívidas,
assim como nós temos perdoado
aos nossos devedores;
e não nos deixes cair em tentação;
mas livra-nos do mal.

MATEUS 6:9-13

Este é um exemplo famoso de como orar. Mas como podemos aplicá-lo em nossa vida cotidiana no século 21?

Primeiro, precisamos entender como não orar. Antes de ensinar o Pai Nosso, Jesus disse a Seus discípulos: “quando orarem, cada um vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, em segredo…” e, “não repitam frases vazias sem parar…pois seu Pai sabe exatamente do que vocês precisam antes mesmo de pedirem.”

Se Deus já sabe o que precisamos, então a oração não é simplesmente sobre as palavras que dizemos. Se estamos orando para impressionar as pessoas ou se estamos tratando a oração como um item numa lista de tarefas, estamos perdendo o poder da oração.

A oração é, e sempre será, uma conversa dinâmica com Deus. Quando nos damos conta disso, o Pai Nosso se torna um modelo libertador que nos ajuda a falar com Deus todos os dias.

Aqui está um guia de 6 etapas para a oração que pode ajudar:

  1. Foque novamente em Deus.
  2. “Pai nosso, que estás no céu, santo é o Teu Nome …”

    Inspire fundo e concentre-se nestas palavras: “Pai nosso, que estás no céu”.

    Expire lentamente enquanto diz: “Santo é o Teu nome.”

    Repita isso várias vezes e preste atenção em todos os aspectos do caráter de Deus que vêm à sua mente. Passe este tempo concentrando-se em quão grande Deus é.

  1. Realinhe sua vontade.
  2. “Venha o teu Reino …”

    Desde o início, Deus tem se mantido no processo de realizar Sua vontade na terra. Então, nesse momento, reflita sobre isso: quando você alinha sua vontade com a de Deus, está buscando ativamente o Reino Dele.

    Silencie qualquer barulho ao seu redor e peça a Deus que lhe mostre como você pode participar do cumprimento de Sua vontade hoje.

  1. Libere suas preocupações.
  2. “Dá-nos hoje o alimento de que precisamos …”

    Imagine-se estendendo as suas mãos, como se desejasse que Deus colocasse algo nelas. Ao dar a Deus as suas preocupações, o que Ele lhe dá em troca?

    Liste suas preocupações e diga-as uma de cada vez. Cada vez que você expressar uma preocupação, tente pedir a Deus: “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje”.

    Permaneça neste exercício pelo tempo que precisar.

  1. Arrependa-se e responda.
  2. “E perdoa-nos … assim como nós temos perdoado …”

    O que você está segurando que deveria ser entregue a Deus? Há algo que você precise confessar agora mesmo? Talvez seja uma dor que não consegue abandonar, um comportamento que está lutando para mudar, um vício que não superou ou um erro que você continua cometendo.

    Deus te convida a vir como você está e a responder a Ele. Diga a Ele o que estiver em sua mente e abra espaço para ouvi-Lo.

  1. Peça a proteção de Deus.
  2. “… livra-nos do mal …”

    Todos nós fomos resgatados de algo. Do que Deus te resgatou?

    Agradeça por Sua fidelidade e diga ao Senhor onde você precisa de ajuda. Considere orar por outras pessoas que também precisam de proteção. Lembre-se que mesmo quando as situações parecerem não ter esperança, não há nada que Deus não possa fazer.

  1. Alegre-se e reflita.
  2. Celebre o que Deus tem feito em sua vida e procure maneiras de adorá-Lo durante o seu dia.

    Então, passe alguns minutos refletindo nesse tempo com Deus. O que Ele te mostrou? Considere adicionar aquilo que se destacou em sua reflexão à sua Lista de Oração da YouVersion.

Quando começarmos a orar como Jesus orou, experimentaremos intimidade com Deus, assim como Jesus. E quando deixarmos a oração moldar a forma que vivemos, começaremos a perceber que podemos nos aproximar de Deus a qualquer momento com fé, vulnerabilidade e confiança.

FacebookCompartilhar no Facebook

TwitterCompartilhar no Twitter

E-mailCompartilhar por e-mail

This post is also available in: Inglês Africâner Indonésio Alemão Espanhol Filipino (Tagalo) Francês Italiano Holandês Romeno Russo Japonês Chinês (Simplificado) Chinês (Tradicional) Coreano Polonês Vietnamita